terça-feira, fevereiro 10, 2004

Porque arranjamos sempre tempo

1. Já que há muito tempo ninguém tem paciência para escrever algo de novo, e dado que este tipo de sugestões é sempre o mais fácil de escrever, fica aqui sugerida a exposição de fotografia de Gérard Castello-Lopes "Oui Non", patente no Centro Cultural de Belém até 25 de Abril. Eu gostei das amostras que vi e do que pesquisei na Internet, fico portanto na esperança de ainda lá ir.


Oui/Non
Fotografias de Gérard Castello-Lopes 1956-2003
CCB, Galeria 2- Piso 1
Terça a domingo das 10h00 às 19h00, até 25 de Abril
Entrada a 1.5 euros


2. Chegámos às 200 visitas do blog, se contarmos que cada um de nós dá sempre cá uma saltada para ver se há novidades 3-4 vezes por semana, tendo em conta também que ele já está on-line desde 1 de Janeiro (5-6 semanas), dá 24 visitas por cada um de nós os três. Isto é, da nossa parte, 72 visitas pelo menos. Conclusão, há sempre alguém para além de nós que já se habituou a vir cá. Parabéns pela paciência e excesso de tempo! Estou a brincar, obrigado.

domingo, fevereiro 08, 2004

Os comentários voltaram ao Conversas de Canto

O "canto volta a admitir comentários!
Acabei de retirar o papel que estava à porta da camarata e dizia: "Não há o mínimo de barulho! Tou a estudar!"
Também poderia dizer: "Não há o mínimo de barulho! Tou a bater choco!"

Por isso o barulho habitual da camarata pode começar: arrastar camas; bater com a porta do armário; gritar pelo 19 que está na outra ponta da camarata; colocar em bom som o "Killing in the name off" dos Rage Against the Machine no 1ºano, "Body Count's in the house", ou o "Aquele Inverno" no 2ºano, ou "A Titi fez -me um Tete" dos Ena Pá 2000 no 3ºano...; ou se quiserem correr pela camarata fora a bater os pés; chamar o 140 porque a Joana está ao telefone; cantar nos balneários; contar em decrescente de 10 a 0, porque só temos 10 segundos para bazar da camarata; deixar cair a lata de Duraglit ou o pequeno equipamento; fazer moxe; deixar a roupeira gritar que os sacos da roupa suja tem de ir para o cabide; jogar à bola sem que os graduados vejam e de preferência não partindo o vidro da porta; boiar o Santos; ouvir o "Bom dia" do Cilha; ou para finalizar gritar um valente "ZACATRAZ"...


Para quem não percebeu nada disto, passo a traduzir: PODEM RECOMEÇAR OS COMENTÀRIOS NO BLOG!

sábado, fevereiro 07, 2004

sexta-feira, fevereiro 06, 2004

Comentários

Estamos com um problema no servidor e por isso os comentários não estão disponíveis!
Aos corajoso que costumam deixar comentários, pedimos que aguardem mais uns dias e com toda a certeza que o vosso espaço no blog vai voltar!

Continuem a entrar no canto! Já sabem que não é preciso pedir para entrar...

Uma anedota real, num Mundo que só pode ser irreal!

Ainda pensei uns dias em como escrever esta notícia!

Sugeri a mim próprio várias formas literárias: um romance, uma tragédia, um drama, sei lá uma comédia. Interrogava me se tinha palavras para retratar o rídiculo da notícia e realmente todas me fugiam. Por isso vou me limitar a contar uma anedota, não uma notícia!

Meus senhores, sabem quem foi proposto para o Nobel da Paz?
O Blair e o Bush! Como não se lembraram disso?

terça-feira, fevereiro 03, 2004

...

"É um engano imaginar que os grandes homens só o são um rei conquistador, ou um grande general, ou um grande ministro político. Outro género há de grandeza ainda mais elevado; qual é conservar um homem a moderação, e a inocência na mesma grandeza."
P. António P. de Figueiredo (1725-1797)